quinta-feira, 4 de março de 2010

Comissão propõe audiência pública para investigar necessidade de recall da Toyota no Brasil


Oito casos de problemas na aceleração de Toyota Corolla produzidos no país foram publicados em matérias recentes do jornal Estado de Minas. Diante de uma possível necessidade de recall, a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais propôs uma audiência pública com a presença dos proprietários dos veículos envolvidos (veja foto de um dos carros, abaixo). O objetivo será discutir os incidentes e os motivos pelo qual a unidade brasileira não assumiu o recall, realizado em massa na Europa e nos Estados Unidos.


A Toyota argumenta que, enquanto no Brasil seus modelos utilizam um pedal de origem japonesa, do fabricante de autopeças Denso, o problema no exterior está concentrado no pedal da CTS, cujo reparo está sendo feito por meio da adoção de uma pequena peça de aço - espécie de calço, que elimina o risco de aceleração involuntária. Apesar da estrutura diferente, ambos componentes possuem a tecnologia eletrônica drive by wire.

“Vamos investigar o que está ocorrendo. Principalmente, após vários brasileiros denunciarem defeitos semelhantes, que, em alguns casos, levaram a acidentes. Os consumidores correm risco, e a Toyota tem a obrigação de apresentar soluções”, argumenta o deputado Délio Malheiros (PV-MG), que chefia a comissão.


SERVIÇO
Audiência pública Toyota

Onde: Plenário I da Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Quando: Terça-feira (9 de março)
Horário: 10h

Convidados:
Luiz Carlos Andrade Júnior, vice-presidente da Toyota do Brasil
Riguel Chieppe, presidente da Abradit (Associação Brasileira de Distribuidores Toyota)
José Antônio Baeta de Melo Cançado, promotor de justiça de Defesa do Consumidor
Danilo Amaral, chefe do Departamento de Engenharia Mecânica da UFMG (Universidade Federal do Estado de Minas Gerais)

Um comentário:

Délio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.